Foto: William Bittar

Após a morte de mais um motorista de aplicativo registrada este ano em Curitiba e Região Metropolitana, o secretário de Segurança Pública, Júlio Reis, se reuniu na manhã desta segunda-feira (14) com representantes dos motoristas para discutir a falta de segurança de quem trabalha neste serviço.

Neste domingo (13), Valmir João Nichel, 59 anos, foi encontrado morto no Rio Iguaçu, em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. Ele estava desaparecido desde sábado. O carro do motorista foi encontrado incendiado no bairro Alto Boqueirão.

Um dos motoristas presentes na reunião, Arnaldo Milki, afirmou que a Sesp se prontificou a discutir com as empresas de aplicativo a criação de um novo sistema de segurança aos condutores.

Júlio Reis garantiu que os casos são tratados como prioridade e lembrou que dos últimos dez casos que aconteceram no Estado, seis já foram solucionados. Ele também apontou que em algumas vezes, os motoristas assassinados não estão a serviço das empresas.

Por outro lado, Milki disse que em 90% dos casos, os motoristas estão sim a serviço dos aplicativos.

Somente este ano, cinco motoristas de aplicativo foram assassinados em Curitiba e Região Metropolitana.

Repórter William Bittar

Clique aqui para ver a publicação completa