Em um mundo ditado pela alta velocidade dos aparelhos mobile e da internet – só para lembrar, mais de 2,5 milhões de pesquisas são feitas no Google a cada minuto -, o e-commerce não pode ficar parado no tempo e precisa se reinventar.

Essa é a opinião de Patrícia Amaro, diretora de e-commerce da Univeler para a América Latina. Durante a Conferência E-Commerce Brasil Nordeste, ela falou sobre as formas do comércio eletrônico andar de mãos dadas com a inovação.

“O consumidor hoje está compartilhando novos conteúdos, e isso traz mudanças na forma de se interagir”, afirmou. Segundo a diretora, uma prova disso é que 25% dos internautas do mundo inteiro já compram bens de consumido pela internet, e 55% pretendem utilizar um e-commerce para isso.

Patrícia citou como exemplos de modelos disruptivos de negócios e-commerce empresas como Airbnb, Uber e Alibaba, que não são os “donos” do produto vendidos, mas investiram na interface para ganhar a atenção do consumidor.

“Não necessariamente precisamos ter um produto para ser um varejista e vender algo. O modelo de negócios está mudando muito”, cravou.

A novidade mais recente é a empreitada da Amazon, que anunciou o lançamento de um supermercado em Seattle, nos Estados Unidos, onde não será necessário passar por caixas nem filas. Basta retirar o produto da prateleira e ir embora.

“A integração entre o físico e o online fez com que a nossa trajetória de compra mudasse muito. Não podemos criar paradigmas”, opinou.

A lição de casa começa a ser feita, segundo Patrícia, dentro da própria Univeler. Neste ano, a empresa lançou um e-commerce B2B, o Compra Unilever, voltado para abastecer o estoque de supermercados e mercados de pequeno porte, principalmente.

Inovação para todos os lados

Outro negócio inovador, mas que passa despercebido por boa parte do mercado e-commerce, é o YouTube, mais especificamente os influenciadores.

Na opinião da diretora, os chamados youtubers são um ótimo exemplo de negócio omnichannel. “Livros escritos por youtubers são alguns dos mais vendidos atualmente, por exemplo.”

Já o Dollar Shave Club surgiu há poucos anos nos Estados Unidos. Ele é um modelo de assinatua para laminas de barbear na qual o cliente escolhe um pacote e recebe produtos de barbear em casa, na periodicidade preferida.
Jornada do consumidor

Patrícia ainda compartilhou alguns dados sobre a jornada do consumidor:

  • 44% das pessoas visitam lojas online e compram pelo e-commerce;
  • 51% pesquisam online e compram na loja fisica;
  • 17% visitam a loja física primeiro e depois compram pela internet;
  • 18,8% compram direto pelo celular,
  • 81,2% ccompram pelo PC ou notebook.

Se você gostou da notícia compartilhe nos botões abaixo ou ao lado.

Fique atualizado, siga a gente no Instagram Facebook

Faça a análise SEO da sua empresa gratuitamente e em menos de 1 minuto. Análise Mercado Binário

Veja o texto original

Somos uma agência diferente, focada em vendas e automação.
http://criacaode.site
http://desenvolvimentode.site http://criacaositecuritiba.com

Até a próxima  🙂
Abraços Rodrigo Schvabe

Ou entre em contato conosco
Email: atendimento@mercadobinario.com.br


Endereço:
Mercado Binário

3ª andar – Av. João Gualberto, 1881 – Juveve,
Curitiba
Paraná
8003000

Telefones: (41)3908-8448
WhatsApp:(41)99547-3615