Foto: PRF

O Ministério Público do Paraná (MP-PR) apresentou denúncia, nesta segunda-feira (14), contra o caminhoneiro suspeito de ser o responsável por um acidente que provocou a morte de seis pessoas, em maio deste ano. Foi na BR-277, em Balsa Nova, na Região Metropolitana de Curitiba. O motorista chegou a ser preso após o ocorrido, mas foi solto no dia seguinte.

Segundo o MP-PR, ele estava em alta velocidade, próximo a um trecho da rodovia em obras. A denúncia afirma que o motorista ignorou a sinalização que determinava a redução da velocidade no trecho. Sem conseguir frear, ele bateu e prensou alguns automóveis contra caminhões que estavam parados em uma fila.

De acordo com o promotor que ofereceu a denúncia, Eduardo Labruna, o motorista assumiu o risco de matar. Labruna destaca que várias irregularidades foram encontradas no veículo.

https://cbncuritiba.com/wp-content/uploads/2017/08/Sonora-Denúncia-MP-01-LP.mp3

A denúncia pede que o motorista seja condenado por homicídio duplamente qualificado, com dolo eventual, quando a pessoa assume o risco de matar alguém.

Ela está agora com a Justiça, que deverá decidir se aceita ou rejeita o processo. O promotor acredita que, por crianças estarem entre as vítimas fatais, o trâmite do processo deve ser acelerado.

https://cbncuritiba.com/wp-content/uploads/2017/08/Sonora-Denúncia-MP-02-LP.mp3

Repórter Lucian Pichetti

Clique aqui para ver a publicação completa