Foto: Reprodução Facebook

A Justiça marcou para esta quinta-feira (22) a reconstituição da morte da modelo e youtuber Isabelly Cristine Santos, 14 anos, que foi atingida por um tiro na cabeça, na última quarta-feira (14), quando voltava para casa em um carro, acompanhada da mãe e mais duas pessoas, na PR-412, entre os balneários de Ipanema e Praia de Leste, em Pontal do Paraná.

Os dois suspeitos do crime estão detidos na Delegacia de Matinhos e devem prestar novo depoimento nesta quarta-feira (21). Além deles, o motorista que levava a adolescente para casa e a mãe da vítima, também serão ouvidos.

Durante a audiência de custódia, mais uma vez, eles alegaram que se sentiram ameaçados pela forma brusca que o motorista do veículo onde estava a adolescente dirigia.

O empresário Everton Vargas, que afirmou ter feito os disparos, disse que ele, o irmão e mais seis pessoas, sendo três crianças, estavam voltando para casa e que ele agiu pelo impulso de proteger a família.

O irmão de Everton, Cleverson Vargas, que dirigia o carro, disse que, em nenhum momento, imaginou que os tiros atingiram alguém.

Após a morte da adolescente, a família autorizou a doação dos órgãos e quatro deles foram encaminhados para transplante. O pâncreas foi levado para São Paulo, um dos rins foi para o Ceará e outro para Campo Largo, na região metropolitana de Curitiba, e o fígado foi encaminhado para Curitiba, onde um paciente foi transplantado.

Segundo a assessoria do Hospital Nossa Senhora das Graças (HNSG), o paciente que recebeu o fígado da adolescente ficou internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas não respondeu bem ao procedimento pós-operatório e morreu.

Por uma questão de protocolo, a identidade da pessoa que recebeu o fígado da adolescente não é revelada.

Já no tr…

Click here to view full post