Mais de 1 bilhão de usuários no mundo, ou, de cada 10 pessoas, 8 estão nesta rede social. Estes são alguns números do Facebook. A rede social que está cada vez mais presente na vida dos brasileiros é também uma ferramenta com grande potencial de vendas para varejistas de e-commerce.

“Hoje vivemos na era da ‘nomofobia’, um tipo de desconforto ou ansiedade gerado pela falta de um device. Pesquisas mostram que adolescentes preferem perder o dedo mendinho do que ficar sem o celular deles”, disse Victor Stossel, Regional Product Marketing Manager LATAM Facebook Brasil durante o Congresso E-Commerce Brasil Vendas 2017.

Depois das lojas físicas, do e-commerce e do omichannel, agora é a hora do mobile first, apontou Victor durante sua palestra. “Estamos na fase de transição entre o omnichannel e o mobile first (pesquisas apontam que 26% das pessoas usam o smartphone enquanto estão na loja física e 55% usam dispositivos móveis enquanto assistem TV), e em seguida virá o Vídeo-First e o Immersive Commerce”, prevê.

Para ele, o vídeo é uma forte tendência que auxilia na conversão de vendas no varejo eletrônico (e físico) e está na mira dos próximos lançamentos do Facebook. Segundo pesquisa do Facebook e da Kantar, 30% das pessoas acham que vídeos são a melhor forma de gerar descoberta de novos produtos e somente no ano passado 30% dos anunciantes do Facebook estavam focados em vídeos. “O vídeo é uma dessas tendências que partem do consumidor, as pessoas gastam 5 mais tempo assistindo vídeos que em outros conteúdos no Facebook… Cada vez mais as pessoas gostam de vídeos 360, gifs, Motion, formatos imersivos de interação entre cliente e marca”, descreve.

Como se conectar com os consumidores?

Para abraçar a oportunidade de conversão, Victor recomenda adotar uma nova linguagem visual, entender o caminho de conversão e medir a jornada completa. “As pessoas esperam uma comunicação expressiva (como o Facebook Messenger), imersiva (como os vídeos 360º) e inspiradora (como o Instagram)”, disse.

Victor citou o case da Tesco, multinacional varejista britânica, de pequenas lojas a hipermercados, sediada no Reino Unido que criou um menu usando o Canvas para o Valentine’s Day. O objetivo era gerar demanda para as ofertas de refeição e conseguiu aumentar 17 pontos em Awareness, 11 pontos de aumento no Recall e 10 pontos de aumento de consideração entre o público masculino.

“Valorize cada real gasto, unifique seus esforços de marca e DR, na mesma plataforma e com formatos integrados. integre as campanhas. “é preciso ter uma consistência para unificar a comunicação e também as equipes para não parecer como o vídeo do Porchat”, brincou Victor.

Soluções de ads full funel permeando o Facebook e IG

A jornada começa na captura de atenção com o poder do storytelling, com vídeo. Nessa fase é importante gerar reconhecimento para sua marca/produtos em escala, para depois passar pela fase “consideração”, na qual o varejista constrói a ponte entre a descoberta e a compra. “Estamos trabalhando em um novo produto que utiliza formatos que ajudem nessa ponte, numa experiência imersiva em vídeo… já testei em algumas marcas e o resultado é bem bacana”, revelou.

Tendências e Soluções

Na fase de consideração, o Facebook possui produtos que ajudam a fazer a “ponte da venda” como o Offers que permite oferecer descontos e promoções tanto para a loja física como para a online (e também possui recursos para medir a conversão), o Store Visits que gera visitas para a loja física mais próxima da geolocalização do cliente e CTAs para conectar os consumidores e Dynamics ads for Retail, unidade dinâmica de anúncio customizada por disponibilidade, preço e lojas mais próxima, além de mostrar um resumo do produto.

Aquisição

Na fase de aquisição do cliente, Victor indica o uso do “Lead Ads” (também disponível no Instagram). A ferramenta ajuda a gerar interesse de negócio, produto e serviço, na geração de leads e instalação de mobile app. O “Dynamic Ads”, segundo o Victor, é um produto de retargeting que ajuda a entrar em contato com o consumidor novamente de forma automática. “Um case bacana é do Mercado Libre que teve um aumento no ROI de 2,4 vezes, 50% menos CPC e 4% mais cliques usando o Dynamic Ads”, apontou.

Para finalizar, Victor deu três dicas: o foco deve ser nas pessoas, sempre. “Mude de cookies para pessoas, mude de cliques e engajamento para visitas em lojas, vendas, ROI e LTV. E mude de “last click” para omnichannel e multi-touch atribution”, concluiu.

Se você gostou da notícia compartilhe nos botões abaixo ou ao lado.

Fique atualizado, siga a gente no Instagram Facebook

Faça a análise SEO da sua empresa gratuitamente e em menos de 1 minuto. Análise Mercado Binário

Veja o texto original

Somos uma agência diferente, focada em vendas e automação.
http://criacaode.site
http://desenvolvimentode.site http://criacaositecuritiba.com

Até a próxima  🙂
Abraços Rodrigo Schvabe

Ou entre em contato conosco
Email: atendimento@mercadobinario.com.br


Endereço:
Mercado Binário

3ª andar – Av. João Gualberto, 1881 – Juveve,
Curitiba
Paraná
8003000

Telefones: (41)3908-8448
WhatsApp:(41)99547-3615