Fazer as perguntas certas para entender o contexto e o comportamento dos consumidores para gerar insights inusitados (e criativos) e ajudar as marcas a tomarem decisões assertivas é uma das funções de Brian Moroz, Sr. Agency Relationship Manager, Creative Google. Durante o Congresso E-Commerce Brasil Vendas 2017 ele compartilhou alguns desses insights.

Confira entrevista exclusiva com Brian Moroz 

Pensando nos dados do Google, Brian fez um estudo sobre os dados do Google a respeito dos vinhos rosé. A partir de dados demográficos sobre as buscas pelos vinhos rosé ele descobriu, por exemplo, que a maior parte dos usuários tinha entre 18 e 35 anos e que muitas pessoas não sabia nem mesmo como se escrevia corretamente o nome do vinho. “As pessoas não têm nenhuma censura quando estão fazendo buscas na internet, ao contrário de quando vai a um restaurante, por exemplo.. Por isso surgiram palavras como “rose wine”, “pink wine”, “rosa wine”, “rosay wine”, “rosay”, contou Brian.

Cultura do digital: cresça e aprenda

Uma aplicação prática interessante a ser tirada desse estudo, cita Brian, é entender que as pessoas gostam de aprender na internet e nesse sentido, as marcas precisam estar presentes nessa jornada de “aprendizado”. “Se eu pensasse no modelo normal seria: onde vou colocar minhas propagandas para atinjam essas pessoas que gostam de vinho rosé. Mas de repente esse pessoal é diferente, então eu tenho que pensar onde eu vou colocar essa propaganda e como eu vou conversar com essas pessoas”, disse.

A tecnologia é a grande aliada, continua Brian, no processo de entender as interações humanas e gerar uma experiência interessante para as pessoas. “O Waze, por exemplo, sabe que você está indo paro trabalho e sabe que você para no caminho para comprar algo”, apontou. Uma forma bacana de ter insights para gerar experiências é analisar o Google Trends e usar o preenchimento automático do campo de busca do Google. “No caso do vinho rosé, apareceram perguntas como ‘quantas calorias tem uma taça grande de vinho rosé’, ‘quantas calorias numa garrafa?’”, contou Brian.

E o que as pessoas estão fazendo com essas informações?

Usando o Google Correlate você consegue ver uma palavra com um padrão de busca semelhante ao que você está procurando. No caso do vinho rosé, Brian descobriu uma correlação de vinhos rosé e coquetéis. “Depois de procurar muito eu descobri que vários chefes e cozinhas usavam o vinho rosé durante temporadas específicas em suas receitas. O insight é pensar o que fazer com o vinho rosé enquanto ingrediente para criar novas e exclusivas campanhas com esta informação”, ressalta.

Mas Brian não se conformou com esses insights. Ele seguiu com a pesquisa e descobriu que houve um pico de buscas por vinho rosé em Dezembro e descobriu que os vinhos rosé são largamente usados para festas de ano novo em substituição ao champagne, principalmente no Reino Unido. “Eu notei que a idade para comprar bebida no Reino Unido é 18 anos. E eles gostam das latinhas com bebidas de malte e frutas, daí quando eles crescem eles querem ser sofisticados (e o vinho tinto é um pouco mais complicado e caro), por isso o vinho rosé funciona como intermediário. A marca que vende esse tipo de produto deve se atentar à época de ano novo nas campanhas”, explicou.

Vinhos x Cervejas

Pensando em termos de comparação entre o vinho rosé e as cervejas artesanais, Brian disse que viu propagandas, vídeos e aplicativos. “Todas as propagandas nos EUA sempre mostram pessoas verdadeiras que trabalham na cervejaria, o que parece bem real e autêntico. A segunda coisa que eu descobri é que esses cervejeiros descobriram que não vale a pena tentar competir com os grandes, mas dá para formar “grupos” de cervejeiros artesanais, nos quais um ajuda o outro a fazer o marketing”, aponta. Além de diminuir ou aumentar investimentos, Brian alerta para prestar atenção nas histórias. “Os dados não restringem suas escolhas, mas abrem a sua mente. Nós humanos ainda precisamos conectar os pontos”, disse.

Confira a cobertura completa: https://www.ecommercebrasil.com.br/secoes-noticias/congresso-e-commerce-brasil-vendas-2017/

Se você gostou da notícia compartilhe nos botões abaixo ou ao lado.

Fique atualizado, siga a gente no Instagram Facebook

Faça a análise SEO da sua empresa gratuitamente e em menos de 1 minuto. Análise Mercado Binário

Veja o texto original

Somos uma agência diferente, focada em vendas e automação.
http://criacaode.site
http://desenvolvimentode.site http://criacaositecuritiba.com

Até a próxima  🙂
Abraços Rodrigo Schvabe

Ou entre em contato conosco
Email: atendimento@mercadobinario.com.br


Endereço:
Mercado Binário

3ª andar – Av. João Gualberto, 1881 – Juveve,
Curitiba
Paraná
8003000

Telefones: (41)3908-8448
WhatsApp:(41)99547-3615